Um feliz Natal para você

Um feliz Natal para você

sexta-feira, 1 de novembro de 2013

Helena participa de homenagem aos Comerciários na Câmara Federal


A Câmara Federal prestou homenagem aos trabalhadores do comércio, dia 30 de outubro, quando se comemora oficialmente o Dia do Comerciário. A sessão solene contou com a presença de mais de 250 pessoas, dentre elas estava o Diretor Secretário da Confederação Nacional dos Trabalhadores no Comércio (CNTC), Lourival Figueiredo Melo, presidente da FEAAC e Helena Ribeiro da Silva, Diretora da Secretaria Geral da FEAAC e presidenta do SEAAC AM.

Os presentes ouviram o clamor dos deputados que apoiam as causas dos trabalhadores e as denúncias de exploração e injustiças cometidas contra os comerciários, a maior e uma das mais antigas categorias profissionais do país. Também participaram do evento Elizabete Pratavieira, diretora da Secretaria da Mulher da FEAAC e presidente do SEAAC de Campinas e Região; Antonia Vicente e Rosimeire Pereira, dirigentes do SEAAC de Americana e Luciana P. Franco, dirigente do SEAAC de Campinas.


Novembro Azul

Chegou a vez de engajar os homens na luta contra o câncer de próstata, o segundo mais comum e que mais mata.

Entre os fatores de risco está a idade avançada, já que esse tipo de câncer costuma se desenvolver após os 50 anos de idade, além do histórico familiar, fatores hormonais e ambientais, excesso de peso, sedentarismo e hábitos alimentares – como de uma dieta rica em gorduras e pobre em frutas, legumes e verduras.

Como o câncer de próstata se desenvolve apresentando sintomas apenas em estágios mais avançados, a prevenção é muito importante para garantir a eficácia do tratamento. Aproveite o Novembro Azul e faça um preventivo!

Fazenda quer ampliar regras para pagar abono

Fonte: Valor/Força
A proposta que vem sendo desenhada pelo secretário de Política Econômica, Marcio Holland, para conter a aceleração das despesas com abono salarial prevê um aumento no número de meses trabalhados para que o benefício seja liberado, segundo fontes da área econômica. Além disso, o valor poderá ser proporcional ao período em que ficou empregado. A Fazenda quer discutir com as centrais sindicais mudanças no pagamento do abono e do seguro-desemprego para conter seu impacto crescente nas despesas públicas.

Atualmente, com apenas um mês de trabalho o empregado tem direito ao abono salarial integral, correspondente a um salário mínimo (R$ 678). No passado, se cogitou exigir pelo menos três meses no emprego para liberação do benefício. Para ter acesso ao abono salarial, o trabalhador, que recebe até dois salários mínimos, precisa ficar empregado durante 30 dias, consecutivos ou não. Além disso, precisa estar cadastrado no PIS/Pasep há pelo menos cinco anos.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...