.

.

quarta-feira, 30 de junho de 2010

Setor de Serviços deve crescer em oferta de empregos

Recente pesquisa sobre expectativa de empregos, realizada pela Manpower, revelou que o Brasil cresce cada vez mais em número de ofertas de trabalho. O país está em segundo lugar na lista geral – foram pesquisados 36 países – ficando atrás apenas da Índia. A Expectativa Líquida de Emprego passou de 38% para 40% do segundo para o terceiro trimestre de 2010, 2% abaixo da Índia, que acumula 42%.
O setor de serviços é o mais otimista, apresentando índice de 52% na Expectativa Líquida de Emprego, seguido por Finanças/Seguros e Imobiliários (49%) e Construção Civil (43%). Esses altos índices vêm dos investimentos públicos e privados, nacionais e estrangeiros, que aumentam a demanda por mão-de-obra em todos os setores da economia.
Blog do Trabalho - Pedro Guimarães

Mão de obra feminina predomina no Comércio e Serviços

Enquanto os homens são maioria na construção civil e indústria e a mão de obra feminina predomina nos serviços e no comércio.

Estudo do Dieese elaborado com dados da Pesquisa de Emprego e Desemprego (PED) nas regiões metropolitanas de Belo Horizonte, Porto Alegre, Recife, Salvador, Fortaleza e São Paulo mostra que é bastante expressiva a proporção da mão de obra feminina no comércio em relação ao total de mulheres ocupadas na economia. A atividade comercial se caracteriza pela singularidade do equilíbrio de gênero, se comparada aos demais setores econômicos. Quase metade dos assalariados no comércio são mulheres.

A maior parte das mulheres assalariadas no comércio é adulta, com idade entre 25 e 39 anos.As jovens entre 16 e 24 anos também têm participação expressiva e correspondem a aproximadamente um terço da categoria. A jornada de trabalho extensa e a menor remuneração são grandes desafios a serem enfrentados.
Ag. Diap
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...