.

.

quinta-feira, 13 de dezembro de 2018

Fechados 4 Acordos com empresas de Piracicaba


Mesmo próximo ao final do ano, o SEAAC de Americana e Região continua mobilizado para o fechamento de Acordos Coletivos de Trabalho. Mais quatro foram fechados com empresas de Piracicaba. Desde o meio do ano,   a equipe do SEAAC tem visitado a base atendida pela entidade, propondo a negociação de Acordos Coletivos.

“Estamos e vamos continuar na busca por Acordos Coletivos. Se a empresa desejar, basta manter contato que vamos até eles com a minuta para discutir pontos que podem ser específicos para a empresa e para os empregados”, comentou Helena Ribeiro da Silva, presidenta do SEAAC.

Abaixo as principais cláusulas negociadas nos Acordos fechados:

Luis Antonio Correa da Silveira (Piracicaba-SP)
- Data base: 1º de agosto
- Pisos salariais: Office-boy, recepcionista, faxineira, porteiro e atendente de negócios,  R$ 1.265,00; demais funções, R$ 1.350,00
- Correção salarial: 4% retroativo a 1% de agosto.
- Adicional de permanência: R$ 60,40 mensais por triênio completado na empresa
- Auxílio-refeição: R$ 20,00 por tíquete em número idêntico aos dias trabalhados.
- Reembolso creche: R$ 322,40 por filho até que complete 18 meses de idade
- Homologações: Obrigatoriamente na sede ou sub sedes do Sindicato.
- Gratificação por aposentadoria: Empregado com no mínimo 8 anos na empresa receberá por ocasião da aposentadoria, 150% do seu último salário.

Full Ambiental Consultoria Ltda (Piracicaba-SP)
Data-base: 1º de agosto
- Pisos salariais: Office-boy, recepcionista, faxineira, porteiro e atendente de negócios,  R$ 1.265,00; demais funções, R$ 1.350,00
- Correção salarial: 4% retroativo a 1% de agosto.
- Adicional de permanência: R$ 60,40 mensais por triênio completado na empresa
- Auxílio-refeição: R$ 20,00 por tíquete em número idêntico aos dias trabalhados.
- Reembolso creche: R$ 322,40 por filho até que complete 18 meses de idade
- Homologações: Obrigatoriamente na sede ou sub sedes do Sindicato.
- Gratificação por aposentadoria: Empregado com no mínimo 8 anos na empresa receberá por ocasião da aposentadoria, 150% do seu último salário.

Relâmpago Serviços Administrativos Ltda (Piracicaba-SP)
- Data base: 1º de agosto
- Pisos salariais: Office-boy, recepcionista, faxineira, porteiro e atendente de negócios,  R$ 1.265,00; demais funções, R$ 1.350,00
- Correção salarial: 4% retroativo a 1% de agosto.
- Adicional de permanência: R$ 60,40 mensais por triênio completado na empresa
- Auxílio-refeição: R$ 20,00 por tíquete em número idêntico aos dias trabalhados.
- Reembolso creche: R$ 322,40 por filho até que complete 18 meses de idade
- Homologações: Obrigatoriamente na sede ou sub sedes do Sindicato.
- Gratificação por aposentadoria: Empregado com no mínimo 8 anos na empresa receberá por ocasião da aposentadoria, 150% do seu último salário

Espaço Catavento Eventos Sociais Eireli (Piracicaba-SP)
- Data base: 1º de maio
- Piso salarial: R$ 1.140,00.
- Correção salarial: 4% retroativo a 1% de maio.
- Adicional de tempo de serviço: 4% do piso salarial mensais por triênio completado na empresa
- Auxílio-refeição: R$ 18,40 por tíquete em número idêntico aos dias trabalhados.
- Reembolso creche: 20% do piso salarial por filho até 4 anos de idade.
- Homologações: Obrigatoriamente na sede ou sub sedes do Sindicato.
- Gratificação por aposentadoria: Empregado com mais de 5 anos e menos de 10 anos na empresa recebe no ato da aposentadoria gratificação igual o último salário. Com mais de 10 anos, duas vezes o último salário.
- PPR: R$ 500,00.

 Luciano Domiciano (Assessoria de Imprensa, 13 de dezembro de 2018)

Com aumento salarial de 4% e cesta básica reajustada em 14,02%, SEAAC e Glovis fecham Acordo


O SEAAC de Americana e Região e a Glovis Brasil Logística Ltda, que operacionaliza na Hyundai, em Piracicaba, fecharam o Acordo Coletivo de Trabalho. O documento tem validade de um ano (1º de novembro de 2018 a 31 de outubro de 2019) para as cláusulas econômicas e de dois anos (1º de novembro de 2018 a 31 de outubro de 2020) para as cláusulas sociais. A presidenta do SEAAC, Helena Ribeiro da Silva, avaliou como bom o Acordo Coletivo, que reajusta os salários em 4%, eleva o piso salarial para R$ 1.530,00 e ainda conseguiu aumentar o auxílio alimentação para R$ 300,00 mensais (14,02% superior ao ano passado) e a cesta de Natal para R$ 826,26 (6,78% a mais que 2017). 

 Também ficou estipulado que os trabalhadores que recebem mais que R$ 16.566,58 terão os salários reajustados pelo valor fixo de R$ 662,66; que o triênio na empresa passa para R$ 60,32 mensal; o reembolso creche sobe para R$ 322,40 para filho até um ano de idade e as homologações serão feitas obrigatoriamente na sub sede do SEAAC, em Piracicaba. 

Para o fechamento do Acordo Coletivo o SEAAC realizou assembleias com todos os trabalhadores no período da manhã e à tarde, seguido de votação secreta. A proposta aprovada teve mais de 83,% dos votos dos empregados. A segunda proposta da empresa (4,2% de aumento salarial, cesta básica de R$ 290,00 e cesta de Natal de R$ 804,78) teve 14,6% de escolha; com votos nulos e brancos fechando a contagem. 

“Foram diversas rodadas de negociação com a empresa e estivemos na semana anterior ao fechamento reunidos com os trabalhadores, para ouvir deles o que esperavam da reta final da negociação. O índice de reajuste pretendido era 5%, que não foi conseguido. Em compensação buscamos a cesta básica de R$ 300,00 que era a reivindicação dos empregados e a cesta de Natal também foi reajustada em quase 7%. Creio que junto com os trabalhadores, dialogando e representando-os com firmeza na negociação, atingimos percentuais e números positivos”, comentou a presidenta do SEAAC. 

Luciano Domiciano (assessoria de imprensa, 12 de dezembro de 2018)

Espera por concessão de aposentadoria sobe após benefício automático

Lançada em maio deste ano como alternativa para agilizar o atendimento no INSS, a aposentadoria automática não evitou o aumento na espera pela concessão.

Quem se aposentou por idade em outubro recebeu o primeiro pagamento 88 dias após ter apresentado o pedido ao órgão, em média. O tempo de espera é 22% maior do que os 72 dias registrados no mesmo mês de 2017. Por lei, o prazo para a concessão é de 45 dias.

Parte do problema pode ser explicado por uma das facilidades introduzidas com a automação: a aceitação de pedidos pela internet estimulou mais segurados a requisitarem benefícios.

Nos três primeiros meses após o anúncio do serviço, 461,3 mil segurados pediram aposentadorias por idade. O crescimento é de 27% em relação aos 361,2 mil do mesmo período de 2017.

"Antes, os pedidos de benefícios entravam apenas por agendamento e
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...