.

.

segunda-feira, 13 de agosto de 2018

SEAAC fecha Acordo de PPR com Logística Sumaré de R$ 1800,00

Helena, Dr. Marcos, Gislaine e José Carlos: SEAAC
Em reunião ocorrida na sexta-feira (dia 10) foi fechado o Acordo Coletivo do PPR (Programa de Participação nos Resultados) dos empregados da Logística Sumaré Ltda., que operacionaliza no interior da Honda. A reunião teve a participação da Comissão de Trabalhadores, SEAAC de Americana e Região e Empresa. A Comissão aprovou que o PPR para o exercício 2018 será de R$ 1.800,00. Os pagamentos serão efetuados da seguinte forma: R$ 1.500,00 no próximo dia 15 de agosto e R$ 300,00 em 28 de dezembro.

O valor fechado - de R$ 1.800,00 - representa um aumento de 8,43% sobre o PPR de 2017 (R$ 1.660,00) e quase 5% a mais que a inflação do período. A presidenta do SEAAC e a Comissão de Trabalhadores avaliaram que o valor esperado sempre é maior, mas levando-se em consideração o percentual obtido em comparação com o valor fechado em 2017 e, também, o percentual acima da inflação, o Acordo foi satisfatório.

“É claro que a gente sempre quer mais e luta por isso. Na reunião anterior a empresa apresentou a proposta de R$ 1.740,00 e hoje conseguimos chegar aos R$ 1.800,00. A Comissão e o Sindicato precisam enxergar quando não há mais margem para negociação. O valor acordado foi acima do inicialmente colocado como máximo pela empresa. Então, entendo que o resultado foi satisfatório e parabenizo a Comissão de Trabalhadores que soube colocar suas reivindicações e ter paciência durante todo o processo de negociação”, comentou a presidenta do SEAAC, Helena Ribeiro da Silva.

Além de Helena, representaram o Sindicato nas negociações o advogado Marcos Vinicius Poliszezuk, a diretora de Administração e Finanças, Gislaine Sacilotto da Silva e o diretor de Formação Sindical, José Carlos Bispo de Souza Junior.

Luciano Domiciano (Assessoria de Imprensa, 13 de agosto de 2018)

Carteira Habilitação gratuita

Conselho Nacional de Justiça - CNJ
Não existe uma lei federal que determine a gratuidade da carteira de habilitação, no entanto é possível tirar o documento sem pagar nada em todos os estados e no Distrito Federal. Você pode fazer isso tanto no Departamento de Trânsito (Detran) do seu estado, quanto nas instituições do sistema S – Serviço Social do Transporte (Sest) e Serviço Nacional de Aprendizagem do Transporte (Senat). Os requisitos, geralmente, são parecidos: ter renda mensal de até três salários mínimos e estar inscrito no Cadastro Único para programas sociais do governo federal (quando a emissão for pelo Detran). 


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...