.

.

segunda-feira, 21 de maio de 2018

Empregados em cobrança/recuperação de crédito e sociedade de advogados aprovam reivindicações

Assembleias no SEAAC

Os empregados  em empresas de cobrança e recuperação de crédito aprovaram em assembleia realizada dia 16, quarta-feira, às 17h30, a pauta de reivindicações apresentada pelo SEAAC de Americana e Região. O mesmo ocorreu em assembleia no dia seguinte, quinta-feira, com os empregados em sociedades de advogados. Agora, com as pautas aprovadas pelos trabalhadores o SEAAC de Americana e Região, juntamente com os demais sindicatos do Estado e a FEAAC (Federação) poderão dar início as negociações, visando a renovação da Convenção Coletiva. A data-base das duas categorias é 1º de agosto.

Algumas das reivindicações dos empregados em cobrança e recuperação de crédito são pisos salariais  de R$ 1.050,00 (jornada de até 6 horas); R$ 1.300,00 jornada em tempo integral; R$ 1.600,00 para supervisor de cobrança e R$ 2.500,00 para gerente de cobrança. O reajuste salarial reivindicado é de 6% com mais 1% a título de aumento real e valorização da categoria. Também compõe a pauta, o adicional de permanência  por triênio na mesma empresa de R$ 65,00; auxílio-refeição de R$ 20,00 para empregados com jornada superior a 36 horas semanais e R$ 13,00 para jornada igual ou inferior a 36 horas semanais; reembolso creche de R$ 345,00 por filho até um ano de idade e Participação nos Lucros e Resultados (PLR) de R$ 315,00.

Na pauta de empregados em sociedades de advogados estão reivindicações como piso salarial de R$ 1.400,00; reajuste de 6% mais 1% a título de aumento real; adicional por tempo de serviço de 5% sobre o piso a cada biênio completado na empresa; PLR (Participação nos Lucros e Resultados) de R$ 500,00; vale-refeição de R$ 24,00 em tickets equivalentes aos dias trabalhados e reembolso-creche de 40% do piso por filho até 6 anos de idade.

A presidenta do SEAC, Helena Ribeiro da Silva, avalia como fundamental a participação dos trabalhadores na definição da pauta de reivindicações. “A Convenção Coletiva é o que vai gerir a relação empresa e empregado. Então precisamos de uma Convenção equilibrada, que avance anualmente nas questões financeiras, se modernize nas questões sociais e mantenha direitos conquistados ao longo de anos de luta”.

Luciano Domiciano (assessoria de imprensa, 17 de maio de 2018)

quinta-feira, 17 de maio de 2018

SEAAC realiza assembleias com três categorias

Helena: "Trabalhador nos traz a sintonia fina"
Na próxima semana o SEAAC de Americana e Região realiza assembleias com três categorias diferentes, para apresentar, discutir e votar a pauta de reivindicações objetivando a renovação das convenções coletivas. Sempre às 17h30, na Sede do SEAAC, as assembleias começam na segunda-feira, dia 21, com empregados de administradoras de consórcios. No dia 22, terça-feira, é a vez dos empregados em locadoras de máquinas e equipamentos de terraplenagem. No dia 24, quinta-feira, a série de assembleias termina com a apresentação da pauta aos empregados de inspeção e vistoria veicular. Todas as categorias tem data-base em 1º de agosto.

A assembleia do dia 24 será a sexta realizada no mês de maio. Dia 3, contabilidade e assessoramento; dia 16, cobrança e recuperação de crédito e dia 17, sociedades de advogados tiveram oportunidade de conhecer a pauta de reivindicações e sugerir alterações ou acréscimos. “O Sindicato elabora a pauta com muito cuidado, procurando avanços econômicos, adequações sociais e manutenção de conquistas históricas. Mas nada como o trabalhador, que vive o dia-a-dia da categoria, dentro da empresa, para nos ajudar a fazer a sintonia fina da pauta de reivindicações”, avalia a presidenta do SEAAC, Helena Ribeiro da Silva.

Com as pautas aprovadas o passo seguinte é protocolar junto aos sindicatos patronais e iniciar as negociações juntamente com os demais SEAAC’s do Estado e a FEAAC (Federação dos Empregados de Agentes Autônomos do Comércio do Estado de São Paulo).

Luciano Domiciano (Assessoria de Imprensa, 17 de maio de 2018)

quarta-feira, 16 de maio de 2018

Empregados em sociedades de advogados discutem pauta de reivindicações

Com data-base em 1º de agosto, os empregados em sociedades de advogados participam de assembleia na sede do SEAAC de Americana e Região nesta quinta-feira, dia 17, para conhecer, discutir, propor e votar a pauta de reivindicações elaborada pelo sindicato.

“A renovação da Convenção Coletiva é um momento importante para a categoria. O primeiro passo, que antecede as negociações, é a aprovação da pauta. Por isso, é sempre importante antes de irmos para a mesa negociar, ouvir e ter o aval dos nossos representados”, comentou a presidenta do SEAAC, Helena Ribeiro da Silva.

Na pauta estão reivindicações como piso salarial de R$ 1.400,00; reajuste de 6% mais 1% a título de aumento real; adicional por tempo de serviço de 5% sobre o piso a cada biênio completado na empresa; PLR (Participação nos Lucros e Resultados) de R$ 500,00; vale-refeição de R$ 24,00 em tickets equivalentes aos dias trabalhados e reembolso-creche de 40% do piso por filho até 6 anos de idade. 

Luciano Domiciano (Assessoria de Imprensa, 15 de maio de 2018)

INSS reduzirá agendamento presencial a partir do dia 21

Fonte: Ag. Brasil
A partir de segunda-feira (21), o Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) deixará de agendar o atendimento presencial para salário-maternidade e aposentadoria por idade urbanos. Agora, o segurado deverá acessar o Meu INSS ou ligar para o 135 e, em vez de agendar uma data para ser atendido, receberá direto o número do protocolo de requerimento, eliminando a etapa do agendamento.

Atualmente, o segurado precisa agendar uma ida ao INSS para levar documentos e formalizar o pedido. Com o novo modelo, ao fazer o pedido, o cidadão acompanha o andamento pelo Meu INSS ou pelo telefone 135 e, somente se necessário, será chamado à agência.


Nos casos em que as informações previdenciárias necessárias para o reconhecimento do direito já constarem nos sistemas do INSS, será possível então a concessão automática do benefício, isto é, a distância.

Segundo o INSS, com a mudança, não haverá mais falta de vaga e, caso precise ir a uma agência para apresentar algum documento, o cidadão terá a garantia de ser atendido perto da residência. O instituto diz ainda que a mudança representa o fim do tempo de espera para ser atendido.

Motorista X Ciclista

Conselho Nacional de Justiça - CNJ

terça-feira, 15 de maio de 2018

PL torna obrigatório exame oftalmológico dos empregados

Fonte: CNTC
A Comissão de Seguridade Social e Família (CSSF) aprovou na última quarta-feira (09/05) o Projeto de Lei 3550, de 2015, de autoria do deputado Bacelar (PODE-BA), que torna obrigatório o exame oftalmológico dos empregados. 

Desse modo, acrescenta parágrafo ao art. 168 da Consolidação das Leis do Trabalho (CLT). O deputado Hiran Gonçalves (PP-RR) apresentou parecer pela aprovação e foi aprovado por unanimidade. 

Conheça aqui o projeto
Conheça aqui o relatório

segunda-feira, 14 de maio de 2018

SEAAC realiza assembleia com empregados em cobrança e recuperação de crédito

O SEAAC de Americana e Região realiza nesta quarta-feira, dia 16, às 17h30, em sua sede, assembleia com empregados em empresas de cobrança e recuperação de crédito, quando estará apresentando, discutindo e votando a pauta de reivindicações para renovação da Convenção Coletiva. A data-base da categoria é 1º de agosto.

Os pisos salariais reivindicados são de R$ 1.050,00 (jornada de até 6 horas); R$ 1.300,00 jornada em tempo integral; R$ 1.600,00 para supervisor de cobrança e R$ 2.500,00 para gerente de cobrança. O reajuste salarial reivindicado é de 6% com mais 1% a título de aumento real e valorização da categoria.

Também compõe a pauta, o adicional de permanência por triênio na mesma empresa de R$ 65,00; auxílio-refeição de R$ 20,00 para empregados com jornada superior a 36 horas semanais e R$ 13,00 para jornada igual ou inferior a 36 horas semanais; reembolso creche de R$ 345,00 por filho até um ano de idade e Participação nos Lucros e Resultados de R$ 315,00. 

A presidenta do SEAAC, Helena Ribeiro da Silva, espera a participação dos empregados da categoria na assembleia. “Elaboramos cuidadosamente a pauta de reivindicações, entendendo que ela é abrangente nos aspectos econômicos e sociais. Mas é muito importante, o trabalhador trazer sugestões e discutir detalhes que compõem a pauta com a diretoria da entidade de classe”, finalizou.  
Luciano Domiciano (assessoria de imprensa, 14 de maio de 2018)

Acessibilidade

Charge da Força

É crime!


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...