.

.

segunda-feira, 14 de maio de 2012

SEAAC dá largada ao Torneio Seletivo de Futsal 2012

Veja as fotos e a tabela de jogos

O 1º Torneio Seletivo SEAAC Futsal 2012 teve início dia 12 de maio, com quatro jogos no Ginásio de Esportes “Roberto Polati”, no bairro Antonio Zanaga em Americana.

No primeiro jogo entre Escritório Líder e Celebridades da Coleta, vitória do Líder por 9 a 4, com destaque para Luiz do Escritório Líder que marcou quatro gols.

Em seguida, entraram em quadra os jogadores do Unidos da HDA e Logística HAB, ambos da LSL. Jogo bastante equilibrado no primeiro tempo, com placar de 2 a 1 para a HDA. No segundo tempo prevaleceu a experiência dos atletas do Unidos da HDA que anotaram mais dois gols fechando  o placar em 4 a 1.

A terceira partida da 1ª rodada foi entre as equipes do Escritório Força Contábil de Santa Bárbara d’Oeste e Santos & Scaraviello de Limeira. Jogo aberto com ambas equipes buscando o gol; o primeiro tempo encerrou-se com o placar de 6 a 4 para o Força Contábil. Na segunda etapa as equipes continuaram no ataque e no final prevaleceu o maior entrosamento do Escritório Força Contábil, que venceu por 9 a 7. Neste jogo o destaque foi Lucas Afonso do Santos & Scaraviello, que anotou cinco gols sendo o artilheiro do Torneio até o momento.

No último confronto da 1ª rodada, entre Glovis Logística e Palmeiras, vitória do Palmeiras por WO. Com isto a equipe do Glovis Logística de Piracicaba foi eliminada do Torneio.


Negros adoecem mais e morrem mais cedo que os brancos


Rede Brasil Atual/Cida de Oliveira
O risco de morte por desnutrição é 90% maior entre crianças negras do que entre brancas. Entre os adultos, as chances de morrer por tuberculose é 70% maior na população negra. E o número de consulta no pré-natal é quase 50% menor entre as gestantes pretas ou pardas. Os dados são do Núcleo de Estudos da População (Nepo), da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp), que há 25 anos subsidia a implementação de programas e políticas públicas para reverter uma realidade em que nascimentos prematuros, mortalidade infantil, adulta e materna, entre outros agravos, apresentam altas disparidades quando relacionados à raça e cor.


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...