.

.

terça-feira, 14 de maio de 2013

Antonia assume presidência do CMDM



Tomou posse dia 09/05 a nova diretoria do Conselho Municipal dos Direitos da Mulher (CMDM) de Americana. A solenidade foi realizada no auditório Villa Americana, no Paço Municipal, com a presença da secretária de Ação Social e Desenvolvimento Humano, Talitha De Nadai, conselheiras, funcionários e convidados.

Após a posse, as conselheiras elegeram a nova diretoria do CMDM para o biênio 2013-2015. Antonia Vicente Gomes, diretora do SEAAC Americana, foi eleita presidenta e Gláucia Estela Camargo, vice. Compõem ainda a diretoria, Iralice Pereira de Souza R. da Silva, tesoureira, e Daiene Ap. Gonçalves, secretária.

Talitha De Nadai, secretária de Ação Social, ressaltou a importância do CMDM para o município e o apoio do prefeito Diego de Nadai. “Nosso objetivo é único e temos que caminhar juntos. O trabalho do Conselho é fundamental para a cidade, para as conquistas das políticas públicas, com a integração das secretarias municipais. O prefeito Diego apoia esse trabalho e sabe da importância do Conselho para a Administração”, disse Talitha.

DESAFIOS
A ex-presidenta do CMDM, Léa Amábile , fez um breve balanço das conquistas, desafios e do trabalho realizado nos últimos quatro anos de seu mandato. “As mulheres têm diversos tipos de necessidades e, nesses quatro anos, buscamos discutir e criar condições e projetos para o atendimento em geral, principalmente, destinado às mulheres com vulnerabilidade social. Hoje, o trabalho é facilitado pela integração das secretarias, principalmente na área da Saúde. Americana tem equipamentos importantes de atendimento às mulheres e é referência na Região Metropolitana de Campinas”, destacou Léa, que continua no Conselho, representando a Associação dos Dentistas.

A nova presidenta, Antonia Gomes, também falou sobre as conquistas e o trabalho futuro para o fortalecimento dos municípios na Região Metropolitana. “É uma responsabilidade assumir a presidência de um trabalho tão importante, voltado para a conscientização e luta pelos direitos da mulher. Estamos buscando melhorar o atendimento na Delegacia da Mulher, como a colocação de divisórias no balcão, evitando a exposição das pessoas, a capacitação das profissionais para um melhor acolhimento das mulheres vitimizadas, e a união de ações para o fortalecimento dos municípios na Região Metropolitana de Campinas”, adiantou.

Também participaram da posse, a secretária adjunta de Ação Social, Ilce Carnaval de Mello Worschech, a subsecretaria da Unidade de Desenvolvimento Humano, Alcimara Batalhão, a chefe de gabinete da Secretaria de Ação Social, Fabiene Leme, entre outros convidados.

Estoque de sangue em Americana está secando! Ajude a reverter esse quadro


Por conta do baixo estoque de sangue, o Hospital Municipal de Americana intensificou a campanha para aumentar o número de doações. Antigos doadores são convocados por ligações telefônicas e e-mails. Em média, são 400 doações por mês, mas em abril este número caiu para 207. O Banco necessita de todos os tipos sanguíneos.

Os doadores devem ter entre 18 e 67 anos e mais de 50kg. É preciso repousar no mínimo 6 horas na noite anterior a doação, não ingerir bebidas alcoólicas nas 12 horas anteriores, evitar fumar por pelo menos 4 horas e alimentos gordurosos nas 3 horas antecedentes. Não é necessário ir em jejum.
Os doadores podem comparecer à sede do Banco de Sangue das 8 às 11h30  durante a semana (com exceção a quarta-feira), com uma identidade com foto.  O Banco fica na Rua Ana Almeida Pioli, no Jardim Nossa Senhora de Fátima, ao lado do Hospital. 
(Fonte: G1)

LEMBRANDO que o artigo 473, item IV, da CLT garante ao trabalhador um dia, em cada doze meses de trabalho, para a doação voluntária de sangue, devidamente comprovada.

Faça sua parte, pratique cidadania!

Lei regulamenta aposentadoria de pessoa com deficiência


A presidenta Dilma Rousseff sancionou a Lei Complementar nº 142, que regulamenta a aposentadoria da pessoa com deficiência segurada do Regime Geral de Previdência Social (RGPS).

As novas regras entrarão em vigor em seis meses.O texto diz que a pessoa com deficiência que tem direito a essa aposentadoria é “aquela que tem impedimentos de longo prazo de natureza física, mental, intelectual ou sensorial, os quais, em interação com diversas barreiras, podem obstruir sua participação plena e efetiva na sociedade em igualdade de condições com as demais pessoas.”

Centrais sindicais e governo voltam a negociar hoje


Representantes das centrais sindicais – Força Sindical, CUT, CTB, Nova Central e UGT – vão se reunir hoje com o ministro chefe da Secretaria-Geral da Presidência da República, Gilberto Carvalho. 

A pauta enviada pela secretaria geral da Presidência da República para discussão com os sindicalistas é a seguinte:
  • Terceirização de mão de obra
  • Combate à informalidade do trabalho
  • Redução da Rotatividade
  • Regulamentação da Convenção 151 da OIT
  • Fortalecimento do SINE (Sistema Nacional de Emprego)
  • Política de medicamentos, especialmente para aposentados
  • Participação no Pronatec Pronacampo
  • Regulamentação do trabalho doméstico
Embora não conste da pauta a Força deve insistir no fim do fator previdenciário e na redução da jornada de trabalho.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...