Um feliz Natal para você

Um feliz Natal para você

segunda-feira, 15 de dezembro de 2014

Sinfônica de Americana faz concerto de Natal em Igreja

Fonte: Portal Prefeitura Americana
A Orquestra Sinfônica Municipal de Americana, em parceria com a Filarmônica de Rio Claro e com o Coro de Câmara de Piracicaba, traz ao público, pela primeira vez, a "Missa em Dó", Op. 86, de Ludwig van Beethoven, em concerto de Natal na Igreja de Nossa do Carmo, na Rua Roque Faraone, 192, Vila Cordenonsi, nesta terça-feira, (16/11), às 20h. A entrada é franca. 

Além da obra de Beethoven (1770-1827), serão apresentadas duas obras com temática natalina compostas por Ernst Mahle, ilustre músico alemão radicado em Piracicaba - a "Noite de Natal" e o "Presépio Vivo". Atuarão como solistas na "Missa" a soprano Raissa Amaral, a contralto Sonia Dechen, o tenor Antonio Pessotti e o barítono Norberto Vieira. 

A Sinfônica de Americana terá o acompanhamento de um coro em todas as obras. O "Presépio Vivo" inclui também uma parte cênica, com personagens caracterizados. A regência estará a cargo do próprio Mahle. 

Serviço:

Concerto de Natal - Sinfônica de Americana, Coro e solistas
Ernst Mahle, regente
Quando: Terça-feira, 16 de dezembro, às 20h
Onde: Paróquia Nossa Senhora do Carmo
Rua Roque Faraone, 192 - Vila Cordenonsi
Americana 

Por um masculinismo CONTRA o machismo

(...)houve um tempo em que homens adultos e mesmo as crianças do sexo masculino eram proibidos de chorar. Demonstrar dor ou tristeza através de lágrimas era considerado sinal de fraqueza, de “pouca macheza”. Coisa de “mulherzinha”. Na época do meu pai, também era malvisto que um homem manifestasse afeto fisicamente por outro, ainda que fosse seu filho. Pais não podiam abraçar e beijar os filhos homens (e, em alguns casos, nem as filhas mulheres). Que estranho, diriam meus guris hoje em dia.

Toda essa repressão foi a responsável por gerações inteiras de homens travados em termos afetivos, incapazes de fazer demonstrações de carinho públicas e privadas com seu amor (não excluo os gays) ou com seus filhos. Em efeito cascata, outros homens criados por estes homens também se tornariam assim, para sofrimento deles mesmos e de quem estava a seu redor. O fenômeno que vitimou estes homens, assim como vitima as mulheres, se chama machismo.(...)

Como está seu português?

Fonte:  Conselho Nacional de Justiça - CNJ

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...