.

.

quarta-feira, 27 de junho de 2012

Prefeito e pré-candidato de Piracicaba reunidos com sindicatos da região



O SEAAC, representado por sua diretora Lourdes Claro da Silva, participou no dia 22 de junho com outros sindicatos da região, de reunião com o prefeito Barjas Negri e o pré-candidato a prefeito, Gabriel Ferrato dos Santos, para dar início a um processo de discussão aprofundada de sustentabilidade nas políticas do município de Piracicaba.

Para isso, a intenção é promover um encontro com cada sindicato, a fim de discutir um projeto de governo que contemple melhores condições para a sociedade e para o movimento sindical, criando um relacionamento de amizade e participação, buscando alternativas criativas para solucionar os problemas, elaborando um programa de governo que contemple os diversos setores da cidade que tem um orçamento superior a R$ 1 bilhão e a possibilidade de buscar recursos, federais e estaduais para atender aos anseios da população.

O evento foi encerrado deixando agendado que, cada segunda feira do mês o prefeito e o pré-candidato a prefeito farão visita aos sindicatos.

CPMI investiga violência contra mulheres na RCM

Helena Ribeiro da Silva, Antonia Vicente e Daniela Carrara, representando o SEAAC AM participaram em Campinas, no dia 25 de junho de audiência pública com a Comissão Parlamentar Mista de Inquérito (CPMI) que investiga a violência contra mulheres Estiveram presentes a deputada federal Aline Corrêa (PP-SP), integrante da CPMI, ao lado das deputadas estaduais Ana Perugini (PT) e Célia Leão (PSDB), além da vice-presidente da CPMI deputada Federal Keiko Ota.

A atividade faz parte do calendário de oito audiências que serão realizadas no  Estado de São Paulo. A audiência em Campinas contou com a participação de gestores públicos, parlamentares, representantes de movimentos sociais e da sociedade civil organizada.

A principal ideia é fazer um diagnóstico sobre a situação da violência contra mulher na Região Metropolitana de Campinas - RMC para pensar como implementar políticas públicas com recorte de gênero, em especial a incorporação da Lei Maria da Penha nas delegacias e o impacto na vida das mulheres. 

Durante a audiência ouvimos alguns depoimentos de casos de violência contra mulher, que, segundo as deputadas serão encaminhadas a outras instâncias. Foi um encontro interessante que terá continuidade na sexta-feira, dia 29 de junho, em São Paulo. 

Saúde repassará R$ 28 milhões para ampliar oferta de pré-natal

O Ministério da Saúde autorizou repasse de R$ 28 milhões, para a ampliação da oferta de exames pré-natal e aquisição de testes rápidos de gravidez. Espera-se que 557 mil gestantes sejam beneficiadas e que mais de 535 mil testes sejam realizados. Ao todo, 1.389 Municípios em 24 Estados serão contemplados.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...