.

.

segunda-feira, 24 de julho de 2017

Definidos os finalistas do Torneio do SEAAC de Americana e Região

Equipe da HDA                       Equipe da HAB
O 9º Torneio Regional de Futebol de Salão promovido pelo SEAAC de Americana e Região já conhece os dois finalistas: Logística HDA e Logística HAB, ambas de Sumaré, fazem a grande final no próximo domingo, dia 30, às 10 horas. Bioagri (Piracicaba) e Vistoria São Paulo (Americana), decidem no mesmo dia, às 9 horas, terceiro e quarto lugar. O Torneio está sendo realizado no Ginásio de Esportes do Santa Luiza, em Nova Odessa.

A rodada de hoje, acompanhada pela Diretoria do SEAAC, familiares dos atletas e apreciadores do esporte foi empolgante. Mostrou bom nível técnico e disciplina entre os atletas e  com a arbitragem, a cargo da Liga Novaodessense  de  Futebol.

No primeiro jogo,  a Logística HDA e a Bioagri disputaram uma partida acirrada, cujo placar não demonstrou o equilíbrio do jogo. No final, vitória da HDA por 6 x 1. Gols da Logística HDA:  Daniel Silva (3), Carlos Marcelino (2) e Reginaldo.   Gol da Bioagri : Victor Shimidt . No segundo jogo, a Vistoria São Paulo, que participou pela primeira vez do Torneio, lutou bastante mas acabou perdendo por 9 a 3. Gols da Logística HAB: Yago (4), Ramon (2), Rafael (2) e Lucas Dias.  Gols da Vistoria São Paulo: Marisvaldo (3). .

A presidenta do SEAAC, Helena Ribeiro da Silva, acompanhou novamente os jogos e elogiou a performance das equipes. “No esporte alguém ganha e alguém perde. Mas para nós, do SEAAC, que organizamos o torneio para integração social dos nossos associados, o grande vencedor sempre é o entendimento, a disputa sadia e leal das agremiações em quadra. Também é muito bom que os atletas tragam seus familiares para acompanhar os jogos e torcer por eles. Vamos agora para a grande final”.

Curso do SEAAC em Americana reúne 70 participantes


O Curso “Rescisão Contratual, Direitos e Obrigações, Estudo da Justa Causa” promovido pelo SEAAC de Americana e Região, com apoio da FEAAC, realizado hoje (21) em Americana reuniu 70 participantes para acompanhar as explicações do professor Gilson Gonçalves. O curso é gratuito para os associados do Sindicato. Mas do total de vagas, foram disponibilizadas 30 para não sócios. “Nosso intuito é que pessoas da categoria  se aproximem da entidade e passem a interagir mais com nossas ações”, explicou a Diretora de Administração e Finanças, Gislaine Sacilotto.

A presidenta do SEAAC, Helena Ribeiro da Silva, fez a abertura falando das mudanças que a Reforma Trabalhista trará para trabalhadores e sindicatos. “O Governo teve o claro propósito de, sob argumento da modernização trabalhista, enfraquecer o movimento sindical e favorecer os grandes grupos econômicos, que bancam suas campanhas. Mas não vamos fechar as portas. Já passamos por dificuldades maiores e saímos delas. O SEAAC continuará firme na luta e defesa dos direitos das categorias que representa”.

Helena anunciou que para outubro já está programado um novo curso sobre artigos que compõem a Reforma Trabalhista e preocupam os profissionais de Recursos Humanos. “Estaremos aqui, para ajudar vocês a se adaptarem às novas normas estabelecidas. Até lá o governo já deverá ter editado a Medida Provisória, que regulamentará alguns pontos obscuros”, explicou.

Opiniões de participantes 

CPI do Senado descarta deficit na Previdência

Fonte: Diário do Litoral
A reforma da Previdência Social que o governo pretende aprovar está emperrada por dois motivos: a crise política e as dificuldades em aprovar medidas que vão piorar a vida do aposentado e pensionista e acabar com muitos benefícios sociais e adiar e reduzir as aposentadorias ainda mais.

O outro motivo é o recente Relatório da CPI da Previdência Social que se desenvolve no Senado Federal. A informação é de Maurício Oliveira, diretor da Confederação Brasileira de Aposentados(Cobap) e está baseada em números revelados pela Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Previdência do Senado que concluiu um primeiro balanço sobre os dados que estão sendo levantados para análise.

De acordo com o presidente da CPI, senador Paulo Paim (PT-RS), o sistema previdenciário do país não é deficitário, o problema está justamente na dívida de empresários com o caixa da Previdência.

A CPI vai mostrar que o rombo tão alardeado pelo governo federal na Previdência está diretamente ligado a uma ­dívida acumulada de ­grandes bancos, empresas e grandes ­montadoras que já ultrapassaria R$ 500 bilhões. Setores do patronato arrecadam, por ano, em torno de R$ 25 bilhões do bolso dos trabalhadores e não repassam à ­Previdência.

Descobriu que a empresa não depositou o FGTS? Veja como tentar reaver o dinheiro

Fonte: G1
Muitos trabalhadores que foram às agências da Caixa Econômica Federal consultar o saldo de suas contas inativas do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) descobriram que os antigos patrões não haviam feito o depósito ou haviam depositado a menos. Como o prazo para saque termina no dia 31, muitos não conseguirão resolver a situação a tempo de retirar o dinheiro.

Com o anúncio do saque das contas inativas do FGTS, já foram registradas 15.506 denúncias contra empresas com irregularidades no FGTS em todo o país, de 23 de dezembro de 2016 até 17 de julho deste ano, segundo o Ministério do Trabalho. Essas reclamações representaram 38,68% do total de denúncias feitas contra as empresas no período, de 40.086. (...)

O FGTS é uma espécie de poupança forçada que o empregador faz para o trabalhador. Mesmo após a temporada de saques das contas inativas, os trabalhadores devem monitorar seu saldo para verificar se o empregador está efetuando os depósitos. Ele poderá usar os recursos em diferentes situações, como aposentadoria e compra do primeiro imóvel.

Como monitorar o saldo do FGTS:
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...