.

.

terça-feira, 23 de fevereiro de 2021

Curso sobre LGPD supera expectativas

Helena participou de todo o curso

Com a participação de 50 trabalhadores o SEAAC de Americana e Região realizou segunda-feira, dia 22, o Curso sobre LGPD (Lei Geral de Proteção de Dados), ministrado pelo renomado palestrante Gilson Gonçalves. Das 9 às 13 horas, on-line, Gilson explicou detalhes da LGPD e interagiu com os participantes, tirando dúvidas e esclarecendo pontos da Lei. A presidenta do SEAAC, Helena Ribeiro da Silva, participou de todo o curso e parabenizou os trabalhadores que se inscreveram. “Se qualificar profissionalmente é muito importante, num mercado de trabalho tão disputado e enxuto como o brasileiro. O SEAAC sempre teve esta preocupação de promover seminários, palestras e cursos que ajudem os profissionais das categorias que representa”, observou. 

A presidenta também lembrou que o curso on-line é uma forma de prosseguir com as atividades em tempos de Pandemia, garantindo formação sem descuidar da necessidade de isolamento social. “Creio que o curso superou as expectativas dos participantes. Foram mais de 100 inscrições”. E anunciou: “Em breve estaremos realizando outro curso abordando tema atual e importante para o dia-a-dia dos trabalhadores”. 

Luciano Domiciano (Assessoria de Imprensa, 23 de fevereiro de 2021)

Enquanto vacina continua sob impasse, mortos chegam a 250 mil

Vagas para recenseadores

Registro definitivo para vacina da Pfizer

Chuvas estragam doses de vacina contra a covid-19 em cidade de Minas

Fonte: Ag. Brasil
Imagem: Corpo Bombeiros MG
As chuvas que mataram ao menos cinco moradores de Santa Maria de Itabira, na região central de Minas Gerais, no último fim de semana, também estragaram doses das vacinas contra covid-19 que a Secretaria Municipal de Saúde recebeu para imunizar grupos prioritários (idosos, profissionais de saúde e idosos que vivem em instituições de longa permanência). 

Segundo a secretária de saúde do município, Janaína Machado dos Santos, a água e o barro que invadiram a Unidade Básica de Saúde (UBS) Lincoln Martins Moreira penetraram no refrigerador onde os frascos de vacina estavam armazenados. 

“Perdemos todas as vacinas que ainda tínhamos guardadas”, disse a secretária à Agência Brasil. A quantidade de doses perdidas ainda está sendo contabilizada, mas, para Janaína, qualquer perda, por menor que seja, significa um enorme prejuízo, principalmente diante da escassez do produto. 

De acordo com Janaína, os frascos inutilizados fazem parte do lote com que a prefeitura previa começar a vacinar os primeiros idosos da zona rural da cidade, localizada a cerca de 150 quilômetros de Belo Horizonte.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...