.

.

quinta-feira, 30 de setembro de 2021

Brasil cria 372 mil postos de trabalho formal em agosto


Fonte: Ag Brasil
Imagem : Marcelo Canargo
O Brasil registrou um saldo de 372.265 novos trabalhadores contratados com carteira assinada em agosto de 2021. O saldo é o resultado de um total de 1.810.434 admissões e 1.438.169 desligamentos. De acordo com o Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Novo Caged), divulgado hoje (29) pelo Ministério do Trabalho, o salário médio de admissão caiu 1,42% na comparação com o mês anterior, ficando em R$ 1.792,07.

No acumulado no ano, o saldo passou a somar 2.203.987 postos ocupados, decorrente de 13.082.860 de admissões e de 10.878.873 demissões. O estoque nacional, que é a quantidade total de vínculos celetistas ativos, em agosto de 2021, contabilizou 41.566.955, o que representa uma variação de 0,9% em relação ao estoque do mês anterior.

De acordo com o Novo Caged, em agosto, os dados registraram saldo positivo no nível de emprego nos cinco grandes grupamentos de atividades econômicas: serviços (180.660 postos), distribuído principalmente nas atividades de informação, comunicação e atividades financeiras, imobiliárias, profissionais e administrativas (79.832 postos); comércio (77.769 postos); indústria geral (72.694 postos), concentrado na indústria de transformação (69.266 postos); construção (32.005 postos); e agricultura, pecuária, produção florestal, pesca e aquicultura (9.232 postos).

quarta-feira, 29 de setembro de 2021

ELEIÇÃO SEAAC: Diretoria é eleita com 98,60% dos votos

Presidenta reeleita vota: "União e perseverança!"


O SEAAC de Americana e Região realizou eleição para renovação da Diretoria nos dias 21,22 e 23 de setembro. A eleição teve chapa única. A atual Presidenta que encabeçava a Chapa 1, Helena Ribeiro da Silva, foi reconduzida ao cargo para o mandato 2021-2025 com 98,60% dos votos válidos. 1,04% dos associados votaram em branco e 0,35% anularam o voto. Do total de associados 85,28% votaram na eleição, que teve uma urna fixa, na sede do Sindicato e outras três itinerantes.

“O resultado foi positivo tanto do ponto de vista de aceitação do nosso trabalho como do número de trabalhadores associados que votaram. Nossa base é muito extensa e pulverizada. Temos poucas empresas grandes e muitas pequenas, o que dificulta o acesso ao eleitor. Além disso, muita gente está em home office. Tivemos que ir tanto nas empresas onde temos sócios como nas casas dos associados, com a dificuldade de não encontrá-los. Mas fizemos todo o possível para dar ao sócio o direito de se manifestar através do voto”, explicou Helena.

A nova Diretoria do SEAAC ficou composta da seguinte forma: Presidenta, Helena Ribeiro da Silva; Diretora da Secretaria de Administração e Finanças, Gislaine Sacilotto da Silva; Diretora da Secretaria Geral, Vlaici Sartorato da Silva; Diretor da Secretaria de Formação Sindical, Saúde e Previdência Social, José Carlos Bispo de Souza Júnior; Diretora da Secretaria de Assuntos da Mulher, Criança e Adolescentes, Rosangela Cristina Amado. Conselho Fiscal: Maria Moura Gimenez, Silvana Aparecida Polline e Ivani Fiorentin. Suplentes: Lourdes Claro Ribeiro da Silva, Laís Perezin Alonso, Liliana Regina Ricardo Silveira Rosa, Maria Regina Rosa e Isabel Duarte de Araújo Bumussa.

“UNIÃO E PERSEVERANÇA!”
Após o advogado da Federação dos Empregados de Agentes Autônomos do Comércio do Estado de São Paulo (FEAAC), Dr. Fábio Zanão, apurador oficial da eleição, proclamar o resultado final, Helena agradeceu a participação e esforço de todos no processo eleitoral e já deu um recado para a Diretoria: “Precisamos manter a união e a perseverança. Infelizmente o movimento sindical, tão importante para o equilíbrio das relações trabalhistas vem sofrendo seguidos ataques dos governantes, que prezam pela proteção exclusiva do lado que já é mais forte. O percentual de votos que alcançamos mostra que a nossa resistência está sendo vista como o caminho certo. Vamos em frente”!

Luciano Domiciano (Assessoria de Imprensa, 29 de setembro de 2021)

Ministério da Saúde orienta dose de reforço em idosos acima de 60 anos


Fonte: Ag Brasil
Imagem: Tânia Rêgo
O ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, anunciou hoje (28), em vídeo publicado nas redes sociais, que o governo vai iniciar a aplicação de dose de reforço da vacina contra a covid-19 em pessoas com mais de 60 anos de idade. De acordo com Queiroga, são cerca de 7 milhões de brasileiros nessa faixa etária.

“É possível hoje, no final do mês de setembro, já ofertar para os idosos brasileiros uma dose de reforço da vacina. Além dos idosos com mais de 70 anos e dos profissionais de saúde que já foram anunciados como contemplados com o reforço, agora o Ministério da Saúde vai atender aqueles com mais de 60 anos”, disse.

A aplicação do reforço é para as pessoas que tomaram a segunda dose há mais de seis meses, independentemente do imunizante usado no primeiro ciclo de imunização. Até então, essa nova etapa da vacinação está sendo realizada, preferencialmente, com a vacina da Pfizer/BioNTech. Na falta desse imunizante, a alternativa é usar as vacinas de vetor viral Janssen ou Astazeneca.

Até o momento, o governo federal já distribuiu mais de 284,6 milhões de doses de vacina contra a covid-19. Dessas, 233,2 milhões foram aplicadas, sendo 145,2 milhões em primeira dose e 87,9 milhões em segunda dose ou dose única. Mais de 639,1 mil foram doses de reforço para idosos, pessoas imunossuprimidas e profissionais de saúde.

terça-feira, 28 de setembro de 2021

Qual sua opinião?

Composição do preço da gasolina

Campanha foca em conversa com família para aumentar doação de órgãos


Fonte: Ag. Brasil
O Ministério da Saúde lançou em 27/09, Dia Nacional da Doação de Órgãos, uma nova campanha para incentivar o gesto. Neste ano, as peças publicitárias têm como foco estimular quem deseja doar a conversar com seus familiares.

Isso porque, pela legislação brasileira, não adianta deixar expresso em documento, ou mesmo registrado em cartório, o desejo de realizar a doação de órgãos, pois a palavra final caberá sempre aos parentes, destacou o ministro da Saúde substituto, Rodrigo Cruz. “É preciso conversar com a família para que esteja ciente da sua vontade e que doe”, enfatizou.

De acordo com dados da pasta, em 2020, o índice de recusa à doação de órgãos pela família ficou em 37,8% dos casos com morte encefálica identificada, que é quando cessa a atividade cerebral do paciente – momento que torna o quadro irreversível, mas que ainda permite a extração de órgãos e tecidos em bom estado.

O índice vem apresentando ligeira redução ano a ano, tendo ficado em 41,3% em 2018 e em 39,4% em 2019. Além da campanha, é necessário aprimorar ainda mais a capacitação dos profissionais de saúde responsáveis por abordar as famílias ainda dentro das unidades hospitalares, destacou a coordenadora do Sistema Nacional de Transplantes, Arlene Badoch.

“Não podemos trabalhar com profissionais que não tenham treinamento. É um serviço muito técnico, que precisa de muita expertise”, ressaltou a coordenadora. “É necessário que façamos um investimento massivo na educação continuada”, reforçou, pedindo o engajamento, nesse aspecto, das secretarias municipais e estaduais de Saúde.

Outro ponto a ser melhor trabalhado, destacou Arlene, é a identificação da morte encefálica. Estima-se que, no Brasil, ocorram mais de 9 mil mortes encefálicas que propiciem a doação de órgãos, mas que passam em branco pelos profissionais de saúde.

Um terceiro ponto destacado pela coordenadora é o trabalho a ser feito na redução das paradas cardiorrespiratórias do paciente durante o processo de doação, o que pode prejudicar a viabilidade dos órgãos. Hoje, o país registra um índice de ocorrências na casa de 14%.

“Nossa ideia é trabalharmos com índice de 5%”, disse Arlene. “Teremos no mínimo 500 doadores a mais, só mudando essa realidade, que depende diretamente das partes intra-hospitalares”, avaliou.

sexta-feira, 24 de setembro de 2021

Bancos têm até dia 4 para limitar PIX noturno a R$ 1 mil


Fonte: Ag Brasil
Imagem: Marcello Casal Jr.
Até 4 de outubro, as instituições financeiras deverão estabelecer o limite de R$ 1 mil para as transferências e pagamentos feitos por pessoas físicas entre as 20h e as 6h. A data de início das restrições foi aprovada nesta quinta-feira (23) pelo Banco Central (BC).
 
As empresas não serão afetadas pela medida. A limitação das transações físicas havia sido anunciada em agosto pelo BC para reduzir os casos de sequestros e roubos noturnos, após pedidos das próprias instituições financeiras. 

O teto de R$ 1 mil para as operações noturnas vale tanto para o PIX, sistema de pagamento instantâneo em funcionamento há dez meses, como para outros meios de pagamento. Transferências via TED, DOC, pagamentos de boletos e compras com cartões de débitos também passarão a obedecer a esse limite. 

O cliente poderá alterar os limites das transações por meio dos canais de atendimento eletrônico das instituições financeiras. No entanto, os aumentos passarão a ser efetivados por pelo menos 24 horas após o pedido, em vez de concedidos instantaneamente, como fazem alguns bancos. Essa medida também deverá entrar em vigor até 4 de outubro. 

Até essa data, as instituições financeiras deverão oferecer aos clientes a opção de cadastrar previamente contas que poderão receber transferências acima dos limites estabelecidos.


quinta-feira, 23 de setembro de 2021

Pesquisa eleitoral!

Brasileiros são os que mais valorizam vacinação, mostra estudo


Fonte: Ag. Brasil
Imagem Breno Esaki/Ag Saúde
O Brasil é o país que mais valoriza a imunização entre oito nações estudadas em um levantamento global feito pelas empresas GSK e Kantar. Segundo o levantamento, o índice de brasileiros que consideram importante manter a vacinação em dia ficou em 83%.

A vacinação é valorizada por 67% dos canadenses; 65% dos italianos; e 64% dos japoneses.

A pandemia decovid-19 aumentou a valorização da vacinação entre os brasileiros. Antes da pandemia, 59% deles consideravam importante manter essa prática em dia, percentual que pulou para 83% após a chegada do novo coronavírus.

Entre os brasileiros ouvidos, 49% defendem mais informações sobre a imunização, com explicações sobre quais vacinas são recomendadas pelas autoridades de saúde, por quais razões e com quais benefícios.

O aumento da consideração do papel da vacinação também ocorreu em outros países com a pandemia. Na Itália, o percentual saiu de 32% para 65%, entre os período anterior e posterior à pandemia. No Japão, o índice foi de 30% para 64%.

terça-feira, 21 de setembro de 2021

Este é o Brasil de Bolsonaro!

Só mentiras!

Mais da metade da população quer impeachment de Bolsonaro


Fonte: DW Brasil
Uma pesquisa do instituto Datafolha divulgada neste sábado (18/09) pelo jornal Folha de S. Paulo apontou que mais da metade da população apoia a abertura de um processo de impeachment contra o presidente Jair Bolsonaro.

Segundo o levantamento, 56% dos entrevistados se posicionaram a favor do processo, que depende de iniciativa do presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira (PP-AL), para ser iniciado. Outros 41% são contrários ao impeachment, e 3% não souberam opinar.

O Datafolha ouviu presencialmente 3.667 eleitores em 190 cidades entre os dias 13 e 15 de setembro. A margem de erro é de dois pontos percentuais para mais ou menos.

A porcentagem dos que apoiam o impedimento é maior do que a registrada na última pesquisa, em julho, mas ainda oscila dentro da margem de erro. Há dois meses, 54% haviam se posicionado favoráveis ao impeachment, 42%, contrários, e 4% não souberam responder. Havia sido a primeira vez em que mais da metade da população disse apoiar um processo contra Bolsonaro.

sexta-feira, 17 de setembro de 2021

Procon-SP quer limitar Pix a movimentações de R$ 500 ao mês

O Procon-SP (Programa de Proteção e Defesa do Consumidor) se reuniu com representantes do Banco Central e pediu que os valores das movimentações pelo sistema Pix sejam limitados a R$ 500 por mês por medida de segurança. De acordo com o Procon-SP, a proposta visa que a instituição apure qual o valor máximo utilizado pela maioria dos usuários e que o limite sugerido seja utilizado até o aperfeiçoamento dos mecanismos de segurança. 

De acordo com o Procon-SP, a proposta visa que a instituição apure qual o valor máximo utilizado pela maioria dos usuários e que o limite sugerido seja utilizado até o aperfeiçoamento dos mecanismos de segurança. 

Segundo o órgão, foram registradas 2.500 reclamações relacionadas ao Pix entre janeiro e agosto deste ano, sendo nos últimos dois meses completos as queixas chegaram a mil. Os maiores problemas foram: devolução de valores/reembolso; SAC sem resposta/solução; compra/saque não reconhecido; produto ou serviço não contratado; e venda enganosa.

quarta-feira, 15 de setembro de 2021

Embate entre SFT e Bolsonaro será em duas semanas

Primeiro voo orbital civil da história!

Câncer já é a principal causa de morte de crianças e adolescentes


Fonte: Ag Brasil
Imagem: Marcello Casal Jr.
Embora o câncer em crianças seja uma doença rara, ele é responsável pela maioria das mortes entre crianças e adolescentes de 1 a 19 anos de idade, da ordem de 8% do total, de acordo com o Instituto Nacional de Câncer José Alencar Gomes da Silva (Inca).

“É a primeira causa de morte por doença no Brasil e nos países desenvolvidos. Ele (câncer) só perde para causas externas, como traumas, e outros agentes externos”, disse hoje (14) à Agência Brasil a oncologista e membro da diretoria da Sociedade Brasileira de Oncologia Pediátrica (Sobope) Flávia Martins.

Os três tipos de câncer mais comuns entre crianças e jovens, por ordem de frequência, são leucemias, tumores no Sistema Nervoso Central (SNC) e linfomas.

A doutora Flávia Martins recomenda que, para fazer o diagnóstico precoce, é preciso prestar atenção na criança e no que dizem os pais, pois há tempos variados de diagnóstico. Os primeiros consistem no reconhecimento dos sintomas pelos pais e no atendimento médico não especializado da criança em um hospital, pronto-socorro ou Unidade Básica de Saúde (UBS). Em seguida, vem o atendimento complexo, com o diagnóstico final.

terça-feira, 14 de setembro de 2021

A, B, C do racismo

Vacina contra covid em forma de spray nasal está sendo desenvolvida

Fique atento aos prazos para realizar a prova de vida no INSS


Mais de 7,3 milhões de segurados do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) ainda precisam fazer a prova de vida até dezembro de 2021. Quem não cumprir a exigência terá sanções que podem chegar à suspensão do pagamento de benefícios por falta de atualização cadastral.

Com a decisão do presidente Jair Bolsonaro de vetar a suspensão da prova de vida até dezembro de 2021, que foi aprovada pelo Congresso, os beneficiários do INSS precisam ficar atentos ao calendário.

O prazo varia conforme o mês em que o recadastramento deveria ter sido feito em 2020. Quem faria a prova de vida em setembro ou outubro de 2020 e ainda não fez a atualização deve realizar o procedimento até o dia 30 de setembro deste ano.

Em outubro, será a vez de quem teria que fazer a comprovação em novembro e dezembro de 2020.​ O segurado não é obrigado a esperar até o mês em que o prazo dele acaba.

Etapas

quinta-feira, 9 de setembro de 2021

Inflação fecha agosto em alta

Falas golpistas de Bolsonaro fazem impeachment voltar à pauta em Brasília


Fonte/Imagem: Ag. Brasil
As falas do presidente Jair Bolsonaro durante os atos pró-governo no feriado de 7 de setembro, que incluiram ameaças a instituições democráticas do país, fizeram que a discussão sobre o impeachment do mandatário voltasse à ordem do dia em Brasília.

Parlamentares de diversos partidos, incluindo alguns do chamado centrão, que constitui a base de Bolsonaro no Congresso, já discutem a possibilidade de apoio ao impeachment do presidente, sendo que mais de uma centena de pedidos de afastamento já foram apresentados à Câmara dos Deputados.

As ameaças ao Supremo Tribunal Federal (STF), em especial, ao ministro Alexandre de Moraes, assim como as críticas ao sistema eleitoral e, de modo geral, o tom agressivo utilizado por Bolsonaro, parecem ter exacerbado os limites de alguns grupos políticos que se dividiam entre a neutralidade e o apoio ao presidente.

O PSDB anunciou para esta quarta-feira uma reunião extraordinária de sua executiva para discutir a possibilidade do afastamento de Bolsonaro. Uma nota do partido afirma que Bruno Araújo, presidente da legenda, convocou a reunião após as "gravíssimas declarações" de Bolsonaro nos atos pró-governo em Brasília e São Paulo.

O governador de São Paulo, João Doria, que também foi alvo de ataques de Bolsonaro nas manifestações, se manifestou pela primeira vez a favor do impeachment. "Eu até hoje nunca havia feito nenhuma manifestação pró-impeachment, me mantive na neutralidade, entendendo que até aqui os fatos deveriam ser avaliados e julgados pelo Congresso Nacional", afirmou.

"Mas, depois do que assisti e ouvi hoje, em Brasília, sem sequer estar ouvindo, ele, Bolsonaro, claramente afronta a Constituição, desafia a democracia e empareda a Suprema Corte brasileira", completou o governador, também do PSDB.

Presidente cada vez mais acuado

quinta-feira, 2 de setembro de 2021

Senado rejeita nova Reforma Trabalhista

Está em dia com sua vacina!

Cartilha ajuda consumidores na relação com empresas aéreas


Fonte: Ag. Brasil
Imagem: Fernando Frazão
Uma publicação lançada pelo Ministério do Turismo pretende melhorar a relação entre consumidores e empresas aéreas, de forma a garantir melhor experiência aos turistas durante as viagens. Nesta primeira edição – e nas próximas duas, ainda a serem lançadas – a cartilha Consumidor Turista é focada no transporte aéreo. A ideia é lançar, na sequência, uma cartilha voltada ao modal rodoviário.

De acordo com a pasta, as três edições voltadas ao transporte aéreo abordarão, respectivamente, os períodos de antes, durante e após as viagens. Para acessar a publicação lançada hoje, chamada Transporte Aéreo: Antes da Viagem, clique aqui.

“Buscamos, com essas cartilhas, dar segurança jurídica na relação de consumo e [favorecer] a busca por segurança e menor preço de passagem. O Brasil tem um dos maiores preços de passagem aérea do mundo”, disse o ministro do Turismo, Gilson Machado Neto, durante o lançamento online da publicação.

A iniciativa tem a parceria do Ministério da Justiça, que foi representado pela secretária Nacional do Consumidor, Juliana Domingues. “Queremos mais transparência para o consumidor [nessa relação]”, disse Juliana, ao destacar, entre as informações disponibilizadas na cartilha, questões como remarcação de passagens; melhores formas de se fechar acordos e contratos; e renegociação de viagens impactadas pela pandemia, o que inclui novas regras para reembolso e remarcação.

quarta-feira, 1 de setembro de 2021

Logística Sumaré: 83% dos trabalhadores aprovam Acordo e PLR


Em assembleia realizada na Logística Sumaré, empresa que operacionaliza na Honda, 83% dos trabalhadores aprovaram a proposta de Acordo Coletivo de Trabalho 2021/2022, que inclui o valor da Participação nos Lucros e Resultados (PLR) deste ano. Desta forma, ontem (31) os valores já foram creditados para os mais de 300 trabalhadores da empresa.

A assembleia aconteceu após negociações entre o SEAAC de Americana e Região e a Logística Sumaré. A empresa apresentou proposta final para renovação do Acordo Coletivo de Trabalho cuja data-base é 1º de agosto. “Frente a afirmação da empresa que havia chegado ao limite, o SEAAC definiu a marcação de assembleia para deliberação, votação e aprovação ou não do Acordo Coletivo, pois a palavra final sempre é do trabalhador em votação secreta”, explicou a presidenta do SEAAC, Helena Ribeiro da Silva. Principais cláusulas da proposta aprovada pelos trabalhadores:

· Piso salarial: R$ 1.485,00
· Reajuste salarial: 8%.  Para salários superiores a R$ 3.500,00, valor fixo de R$ 280,00
· Triênio:  Aumento de R$ 80,87 para R$ 89,00
· Reembolso creche: Aumento de R$ 409,13 para R$ 449,50
· Adicional de rebocador: Aumento de R$ 123,70 para R$ 136,00
·Antecipação do 13º: A primeira parcela do 13º salário foi antecipada, com pagamento no dia 31 de agosto 
· PLR: R$ 1.538,00 (Reajuste de 9,85%). Primeira parcela no valor de R$ 1.100,00 pagamento no dia 31 de agosto de 2021. Segunda parcela no valor de R$ 438,00 pagamento em 31 de dezembro de 2021

O Diretor do SEAAC, José Carlos Bispo de Souza Júnior, que participou da condução da assembleia comentou que o resultado foi dentro do esperado. “O whatsapp do SEAAC acaba sendo um termômetro.  Desde que divulgamos a proposta final da empresa, percebemos nas mensagens que os trabalhadores entenderam ter sido uma boa negociação, frente ao momento econômico que atravessamos”, finalizou.

Luciano Domiciano (Assessoria de Imprensa 1º de setembro de 2021)

Um número surreal!

Mulheres do Brasil!

Orçamento de 2022 prevê salário mínimo de R$ 1.169


Fonte: Ag. Brasil
A alta da inflação nos últimos meses fez o governo elevar a previsão para o salário mínimo no próximo ano. O projeto da lei orçamentária de 2022, enviado hoje (31) ao Congresso Nacional, prevê salário mínimo de R$ 1.169, R$ 22 mais alto que o valor de R$ 1.147 aprovado na Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) .

A Constituição determina a manutenção do poder de compra do salário mínimo. Tradicionalmente, a equipe econômica usa o Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC) do ano corrente para corrigir o salário mínimo do Orçamento seguinte.

Com a alta de itens básicos, como alimentos, combustíveis e energia, a previsão para o INPC em 2021 saltou de 4,3% para 6,2%. O valor do salário mínimo pode ficar ainda maior, caso a inflação supere a previsão até o fim do ano.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...