.

.

terça-feira, 1 de setembro de 2020

Trabalhadores da Glovis terão R$ 2.325,00 de PLR



A presidenta do SEAAC de Americana e Região, Helena Ribeiro da Silva, informou que foi fechado o PLR (Participação nos Lucros e Resultados) para os trabalhadores da Glovis Brasil Logística, que operacionaliza na Hyundai, em Piracicaba. “Após diversas reuniões com representantes da Diretoria da Glovis, a empresa apresentou uma proposta definitiva que entendemos possível de ser levada para assembleia. Fizemos isso e obtivemos autorização da maioria dos trabalhadores para finalizar o PLR”, disse Helena.

Com a proposta apresentada e aprovada na assembleia a empresa pagará à título de PLR R$ 2.325,00, sendo que a primeira parcela foi paga ontem, 31 de agosto, no valor de R$ 1.500,00 e a segunda parcela de R$ 825,00 será paga em 29 de janeiro de 2021. A primeira parcela foi paga sem indicadores, englobando o período de janeiro a julho de 2020. Já a segunda parcela levará em conta o absenteísmo (faltas e atrasos) no período de agosto a dezembro de 2020.

ASSEMBLEIA Seguindo todas as recomendações das autoridades de saúde, o SEAAC realizou assembleia presencial na empresa. Apesar do Sindicato fixar informativo nos quadros de aviso, detalhando a proposta, na assembleia, em pequenos grupos, mantidos à distância recomendada, os valores e a forma de pagamento eram detalhados. Somente após as explicações dos dirigentes do SEAAC, o trabalhador assinava a lista de presença e se dirigia à cabine de votação, disposta em local reservado para que o voto, secreto, não sofresse qualquer interferência. “Tudo transcorreu conforme o programado e a proposta foi aprovada pela maioria dos trabalhadores”, finalizou Helena. 

Luciano Domiciano ( Assessoria de Imprensa - 1º de setembro de 2020)

Filhos não podem ser usados como instrumento de vingança

Reajuste do Mínimo Já!

Auxílio Emergencial de R$300 até dezembro

Crianças assintomáticas podem carregar coronavírus por semanas

Fonte: DW BR
À medida que escolas em várias partes do mundo reabrem, um estudo americano sobre o potencial de transmissão do coronavírus Sars-Cov-2 entre crianças apresenta resultados preocupantes, capazes de influenciar o debate sobre a volta às aulas.

Segundo as pesquisadoras do Hospital Nacional Infantil de Washington, crianças infectadas podem transmitir a doença durante semanas, mesmo que não apresentem sintomas.

O resultado corrobora o que já havia sido apontado em um estudo anterior, em que pesquisadores em Boston mostraram que crianças e jovens tinham cargas virais surpreendentemente altas.

De acordo com o estudo, 22% das crianças não desenvolveram sintomas durante toda a infecção; 20% começaram assintomáticas, mas mais tarde desenvolveram sintomas; e 58% tiveram sintomas desde o primeiro teste positivo. 

O estudo também mostrou grandes diferenças no período de tempo em que as crianças permaneceram sintomáticas, variando de três dias a três semanas. Um quinto dos pacientes assintomáticos e aproximadamente metade dos pacientes sintomáticos ainda estava transmitindo o vírus três semanas após a infecção inicial. Isso não reflete diretamente, porém, seu nível de contagiosidade.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...