.

.

sexta-feira, 29 de outubro de 2021

PGR vai apagar crimes de Bolsonaro


Fonte:
O Antagonista 
O procurador-geral da República, de olho numa vaguinha no STF, prepara-se acobertar Jair Bolsonaro, jogando no lixo o relatório final da CPI da Covid. 

É o que diz William Waack: “Até aqui Augusto Aras não viu crime cometido por Jair Bolsonaro nas mais de mil páginas produzidas pela CPI, uma convicção que ele foi formando à medida que recebia os materiais da investigação feita pelos senadores (através do Giac, o Gabinete Integrado de Acompanhamento da Epidemia Covid-19, que ele mesmo coordena abrangendo todos os braços do Ministério Público) (…) 

O trabalho da CPI constitui um dos mais devastadores relatos na história brasileira sobre incompetência, ignorância e má-fé por parte de um presidente da República, não importa o que operadores do campo do Direito digam sobre tipificação de crimes. 

Em relação a Bolsonaro, Aras está a caminho de ser lembrado como autor de uma nova doutrina, já apelidada dentro do MPF de Ctrl + T + Del. Seleciona tudo e apaga.” 

William Waack sabe do que está falando. Ele citou auxiliares do próprio PGR, que consideraram “devastador” o relatório da CPI contra o sociopata.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...